Post

REPATRIAÇÃO DE RECURSOS: Plenário da Câmara rejeita enxertos do Senado

Postado por admin em 17 de fevereiro de 2017 às 12:36 pm

Plenário da Câmara dos Deputados diz não à proposta aprovada no Senado que permitia aos parentes de políticos repatriarem recursos mantidos ilegalmente no exterior

img20170215173566143682

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira, 15, emenda para proibir parentes de políticos de aderirem à segunda etapa do programa de repatriação de recursos mantidos ilegalmente no exterior.

Na primeira etapa do programa de repatriação, tanto políticos quanto seus parentes eram proibidos de regularizarem ativos mantidos ilegalmente no exterior. Durante a votação no Senado do projeto que cria a segunda etapa do programa, senadores aprovaram a permissão para os parentes. Na votação de hoje na Câmara, deputados aprovaram emenda que derrubou a autorização. Agora, tanto políticos quanto seus parentes estão proibidos de aderir.

Durante a sessão da Câmara deputados travaram debates acirrados a respeito do assunto. O deputado Esperidião Amin chamou a proposta de “um veneno desnecessário, que não vai fazer bem à Casa”. E concluiu:

“a inclusão desse dispositivo (possibilitar aos parentes aderirem ao programa de repatriação de recursos) não é benéfica. Quem foi que incluiu eu não sei, mas não vai fazer bem. Eu não posso votar a favor de alguma coisa que tem um enxerto com o qual eu não concordo”

Como os deputados modificaram o texto aprovado pelo Senado, o projeto terá de voltar novamente para uma segunda análise dos senadores, aos quais caberá a palavra final da redação do projeto.

Acompanhe os detalhes do Projeto:

PL 6568/2016

Como você avalia esta ação do Deputado?


Faça um comentário:


O seu endereço de email não será publicado.


Fechar
Título da foto
descrição da foto